Qual a diferença entre e-mail marketing e newsletter

O e-mail marketing e a newsletter são duas estratégias do marketing digital muito importantes para as empresas.

É por meio delas que as marcas mantêm contato com seus clientes e potenciais clientes, criando um vínculo com eles e estreitando seu relacionamento.

No entanto, muitas empresas ainda confundem o e-mail marketing com a newsletter, e essa confusão pode estragar tudo na hora de colocá-las em prática.

Para que isso não aconteça mais, neste artigo, vamos definir e-mail marketing e newsletter e qual é a diferença entre eles, para que possam ser corretamente usados.

O que é e-mail marketing?

E-mail marketing é uma estratégia de marketing digital que tem como base a comunicação entre uma empresa e seus clientes ou potenciais clientes via e-mail.

Para usá-lo da maneira certa, o disparo de e-mail é feito a partir de uma segmentação dos contatos por meio de ferramentas. Essas ferramentas personalizam as mensagens.

As empresas podem usar o e-mail marketing para diversos fins, sempre de acordo com o interesse do cliente ou potencial cliente. Dentre os usos mais comuns estão:

  • Ofertas;
  • Promoções;
  • Confirmação de compra;
  • Dicas.

Antigamente, o e-mail marketing era muito mal visto por empresas de todos os setores, pois era considerado uma versão digital de propagandas bem invasiva.

Por causa disso, passou a ser considerado comunicação em massa, emitindo mensagens nada relevantes para quem as recebia.

Com a evolução das estratégias em marketing digital e a popularização da internet, hoje o e-mail marketing é considerado uma das melhores estratégias.

O que é newsletter?

Newsletter é uma publicação fixa emitida pelas empresas aos seus clientes e potenciais clientes. E assim como jornais e revistas, ela também possui periodicidade.

Além disso, a newsletter pode ter formato de jornal ou revista, ser impressa, mas o mais comum é que ela seja enviada por e-mail.

Exatamente por ser enviada por e-mail, muitas pessoas a confundem com e-mail marketing. 

No entanto, se uma confeitaria envia uma newsletter para seu cliente, ela estará focada na produção de conteúdo sobre assuntos como salgados para festa de criança.

Tal intenção está mais focada no relacionamento com o cliente do que propriamente nas vendas, como no caso do e-mail marketing. E existem outras diferenças.

Diferenças entre newsletter e e-mail marketing

O e-mail marketing pode ser considerado uma ferramenta incisiva que tem a intenção de impactar quem recebe a mensagem. 

Além disso, é uma maneira de atrair o público para o site, estimular downloads, mostrar novidades, entre outros.

Em comparação com a newsletter, uma casa de repouso idoso a utiliza para engajar a sua audiência. No caso do e-mail marketing, ela pode utilizá-lo mais com a intenção de divulgar seus serviços e oferecer promoções.

Dentre as principais vantagens do e-mail marketing está o baixo custo, retorno imediato e grande alcance.

Já a newsletter pode até ser considerada uma variação do e-mail marketing. A diferença é que ela é mais informativa e enviada periodicamente.

Quando uma gráfica de impressão de tags envia uma newsletter, tem como principal intenção manter uma boa relação com seu público.

Esse formato traz muitos benefícios porque é bem informativo e ajuda a manter os leitores engajados e mais envolvidos com a marca.

A partir do uso dessa estratégia, cria-se um vínculo maior com o consumidor, aumentando a abrangência da marca, estabelecendo um relacionamento com o cliente e potencial cliente.

A newsletter também pode ser enviada por e-mail, mas isso não a classifica como e-mail marketing, pois a intenção dele é mais comercial do que a newsletter.

Mesmo assim, uma fabricante de guarda corpo para laje terá excelentes resultados com ambas as estratégias. Bastando apenas aplicá-las corretamente.

O marketing digital trouxe inúmeras possibilidades diferentes para as empresas apostarem no relacionamento com seus consumidores. E duas das principais são o e-mail marketing e a newsletter.

O fato é que é importante usar essas estratégias, tendo em vista que o consumidor está quase 24 horas por dia conectado. Isso tem quase anulado muitas estratégias de relacionamento com o cliente que não sejam pela internet.

Portanto, para aquelas empresas que querem crescer, nada mais eficiente do que investir na comunicação via e-mail e no envio de newsletter.

As duas opções são viáveis, não exigem muito investimento e possibilitam um canal exclusivo para a marca se destacar, que nenhum outro oferece. 

O e-mail marketing e a newsletter são estratégias simples que fazem toda a diferença.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *