Veja tudo sobre o seguro viagem Portugal

Portugal é um dos países preferidos entre os brasileiros. Seja pela comodidade em falar a língua, seja pela cultura e riqueza histórica que também faz parte da nossa história, ou pelas lindas paisagens e gastronomia incrível. Portugal é sempre uma ótima opção.

Apesar de algumas facilidades na hora de visitar o país, que não exige vistos, por exemplo, há outros cuidados que precisamos tomar antes de embarcar para este lindo país. O seguro viagem Portugal é algo que não pode faltar entre os seus documentos, se você vai visitar Portugal. Saiba tudo no post abaixo.

Seguro viagem Portugal

A contratação do seguro viagem Portugal é algo comum entre os viajantes, mas que ainda deixa muitas dúvidas. O seguro viagem para Portugal é mesmo necessário? Nós podemos afirmar que sim! Pois Portugal está entre os 26 países da Europa que assinaram o tratado de Schengen, portanto, seguem as regras impostas por este acordo. O tratado de Schengen tem uma legislação específica para entrada de estrangeiros nestes países. Uma das regras é que o estrangeiro comprove a posse do seguro viagem Portugal, para que assim esteja legalizado no país durante toda sua viagem. O objetivo principal disso é garantir que o turista possa arcar com suas próprias despesas médicas em eventuais acidentes ou doenças ocorridas durante sua estadia na Europa.

O Seguro viagem Portugal ideal para Portugal, deve oferecer cobertura mínima de 30 mil euros para custear despesas médicas e hospitalares. O seguro viagem Portugal ainda oferece: Repatriação sanitária, atendimento odontológico, seguro para situações de invalidez causada por acidentes durante a viagem, auxílio funerário, seguro para perda de documentos e translado de corpo.

Obviamente, nenhum viajante pensa em passar por apuros durante uma viagem a Europa. Mas, muitas vezes acidentes ou imprevistos em geral são inevitáveis. E é para isto que o seguro viagem Portugal serve, para trazer segurança e tranquilidade durante toda sua viagem.

3 Opções de empréstimo pessoal que costumam ter juros mais baixos

Acumular dívidas é algo que quando acontece, sua vida vira de ponta cabeça. É uma situação complicada e ruim. Porém, se você contratar um empréstimo errado, a sua situação pode ficar pior. Muitos empréstimos têm altas taxas de juros, que ao final do pagamento, o valor pago chega a triplicar do emprestado.

Antes de sair por aí pedindo um empréstimo, verifique o seu orçamento. Veja se não consegue poupar dinheiro por um tempo e quitar suas dívidas. Veja com familiares e amigos se seria possível emprestar dinheiro, evitando assim taxas de juros.

Mas, se você já tentou todas as opções e não conseguiu quitar suas dívidas, fique tranquilo, separamos para você os três tipos de empréstimo pessoal que costumar ter juros mais baixos.

1.    Crédito consignado

Essa é a modalidade mais indicada de empréstimo pessoal pelos especialistas. Os juros são os mais baixos do mercado. Nessa modalidade de empréstimo, o pagamento é realizado direto na folha de pagamento do funcionário, por esse motivo os bancos não têm grandes riscos e assim, conseguem abaixar os juros.

O ponto negativo dessa modalidade é que nem todos conseguem contratar. Somente pensionistas e aposentados do INSS e alguns funcionários públicos conseguem contratar esse tipo de empréstimo pessoal.

2.    Refinanciamento do imóvel

Nessa modalidade de empréstimo, a pessoa que possui um imóvel em seu nome pode usá-lo como forma de garantia para emprestar dinheiro. Como o banco tem a garantia de que se você não pagar, ele assume seu imóvel, os riscos são poucos, então os juros são muito baixos e o número de parcelas podem chegar até 20 anos.

3.    Antecipação da restituição do imposto de renda

Nesse tipo de empréstimo pessoal, a pessoa que irá emprestar o dinheiro, tem o pagamento do empréstimo debitado automaticamente da sua conta quando a restituição do imposto de renda cair. Por esse motivo, os juros são baixos, afinal o banco possui garantia do recebimento.

Seguro Viagem Cotação: Como realizar cotação seguro viagem online

O seguro viagem é um tipo de serviço muito importante para quem está pensando viajar para fora do Brasil, já que oferece assistência completa a você, durante a sua permanência no exterior.

Mas, isso não quer dizer que todos os serviços prestados pelas seguradoras são iguais, por isso que fazer um seguro viagem cotação é tão importante.

Ao cotar o seu seguro viagem, além de valores, você fica a par da cobertura oferecida, e se esta é a melhor opção para o seu país de destino.

Veja abaixo como fazer seguro viagem cotação, e tenha mais segurança para contratar a opção que melhor se encaixa em sua viagem.

Como fazer seguro viagem cotação?

Para exemplificar o passo a passo de como fazer seguro viagem cotação iremos usar como exemplo o site Multi Seguro Viagem, que é atualmente um dos mais conceituados e utilizados para esta função no Brasil.

Veja o passo a passo de seguro viagem cotação abaixo:

  1. Acesse o site da Multi Seguro Viagem
  2. Informe o continente de destino
  3. Informe a data de embarque no Brasil
  4. Informe a data de desembarque no Brasil
  5. Clique em “buscar planos”

Ao clicar em buscar planos a Multi Seguro Viagem solicitará alguns dados pessoais seu como:

  • Email
  • Telefone para contato
  • Número

Feito isso, clique em “ver resultados” para ter acesso ao seu seguro viagem cotação no site da Multi Seguro Viagem.

Com todos os campos preenchidos, você será redirecionado a uma tela que apresentará os resultados da cotação.

Os resultados estarão organizados dos mais vendidos ao menos, mostrando informações como, o valor do seguro, o valor da assistência médica, e da perda de bagagem.

Você ainda pode marcar as opções que mais gostar e clicar em comparar, que o próprio site apresentará a melhor opção desta seleção.

O seguro viagem cotação no site da Multi Seguro Viagem é simples e rápido, e você ainda pode contratar o seguro no próprio site, sem precisar ser direcionado para outra página. Simples e prático!

Como fazer com que as imagens sejam carregadas mais rapidamente

pessoa escolhendo hospedagem

As imagens afetam o tempo de carregamento de um site. Quanto mais rápido o site, melhor a experiência do usuário, levando a conversões e lucros. Sempre que contratar uma agência de criação de sites certifique-se de que a otimização do site está inclusa no pacote.

Os gerentes e proprietários de empresas querem que as imagens de seus sites sejam carregadas rapidamente, mesmo em dispositivos móveis. Mas como eles fazem isso? Em “ O caso para otimizar o desempenho da imagem ”, meu artigo na semana passada, expliquei a importância de imagens leves no sucesso de um site.

Nesta parte, vou oferecer sugestões para otimizar imagens. O objetivo é criar uma experiência de usuário atraente sem prejudicar o desempenho.

Elimine Imagens Desnecessárias
Em 2019, uma página da Web típica pode solicitar entre 28 e 32 imagens quando é carregada, de acordo com um relatório do Arquivo HTTP . Essas imagens podem ser necessárias.

Por exemplo, pode-se esperar que várias imagens apareçam em uma página de categoria de produto de um site de comércio eletrônico. Essas fotos são geralmente críticas.

Escrevendo para o UX Planet, um diário de experiência do usuário no Medium, Ainsley Fagerström descreveu os tipos de imagens que deveriam estar em um site. Parafraseando e adicionando à sua lista, poderíamos dizer imagens necessárias:

Explique ou esclareça,
Evoque emoções para comunicar algo,
Faça um ponto relacionado ao outro conteúdo,
Ajudá-lo a vender.
Os tipos de imagens que podem ser eliminados podem incluir:

Fotos de texto,
Imagens decorativas,
Imagens conservadas em estoque que não comunicam algo.
Há também dados que indicam que ter menos imagens em uma página da Web leva a mais vendas.

“Em uma página típica de varejo, elementos gráficos como favicons, logotipos e imagens de produtos podem facilmente incluir até dois terços (em outras palavras, centenas de kilobytes) do peso total de uma página”, escreveu Daniel An e Pat Meenan em um 2016 Pense com o artigo do Google . “O resultado: cargas de página cumulativamente lentas durante uma sessão. Na verdade, … sessões que converteram usuários tiveram 38% menos imagens que sessões que não foram convertidas. ”

Um relatório de 2016 indica que páginas relativamente complexas e lentas (que geralmente incluem muitas imagens) são convertidas em uma taxa mais baixa do que as páginas mais rápidas com menos imagens.
Um relatório de 2016 indica que páginas relativamente complexas e lentas (que geralmente incluem muitas imagens) são convertidas em uma taxa mais baixa do que as páginas mais rápidas com menos imagens.

Imagens de carga preguiçosa
Quando uma página da Web típica é carregada, ela solicita todas as imagens listadas na marcação da página, mesmo quando muitas dessas imagens estão fora da tela e só aparecem quando ou quando o usuário desliza e rola a página.

O carregamento preguiçoso de imagens é o processo de carregar uma imagem apenas quando é necessário. Quando uma página da Web é carregada pela primeira vez, ela solicita apenas as imagens que ficarão imediatamente visíveis na tela. Imagens subseqüentes carregam quando o usuário se move para baixo.

O arquivo HTTP relatou que os kilobytes médios de dados de imagem transferidos de uma página da Web móvel poderiam cair de 843,5 KB para 426,7 KB quando o carregamento lento de imagens fora da tela. Isso pode reduzir o tempo de carregamento da página inicial em 25% em alguns casos.

Uma variação de imagens de carregamento lento injeta uma versão de baixa resolução de uma imagem inicialmente e a atualiza com uma versão de alta qualidade depois que um usuário pode vê-la. Essa abordagem também reduz significativamente o tempo que uma página demora para carregar.

O carregamento lento normalmente requer JavaScript. Uma empresa pode fazer seus desenvolvedores escreverem um script de carregamento lento feito sob medida para as necessidades da empresa ou usar qualquer um dos vários scripts disponíveis.

Em um artigo sobre a redução de segundos do tempo de carregamento inicial de um site, o colaborador Hamlet Batista recomendou o script LazyLoad de Andrea Verlicchi . Katie Hempenius, engenheira de software do Google, recomenda usar o script Lazysizes de Alexander Farkas . Ambas as soluções são exemplos dos muitos scripts para carregamento lento.

Comprimir Imagens
Os formatos rasterizados – como .jpg, .png, .webp e .gif – compõem muitas das imagens em uma página da Web típica. Em alguns casos, essas imagens podem ser compactadas para que sejam carregadas mais rapidamente, sem uma diferença perceptível na qualidade.

As imagens comprimidas podem parecer quase idênticas às imagens não comprimidas muito mais pesadas. A imagem à esquerda é de 169,5 KB. A imagem à direita é muito menor, 39,5 KB, mas é semelhante em qualidade. Foto: Robert Bye.
As imagens comprimidas podem parecer quase idênticas às imagens não comprimidas muito mais pesadas. A imagem à esquerda é de 169,5 KB. A imagem à direita é muito menor, 39,5 KB, mas é semelhante em qualidade. Foto: Robert Bye.

Pode-se comprimir as imagens manualmente usando softwares como o Adobe Photoshop , ImageOptim ou Squoosh , para um nome com poucas opções. Ou pode-se otimizar automaticamente através de várias soluções, incluindo redes de entrega de conteúdo, interfaces de programação de aplicativos e scripts ou pacotes.

Este exemplo da Imgix, uma CDN de otimização de imagem, mostra uma foto original de 3,5 MB reduzida para 26,36 KB.
Este exemplo da Imgix, uma CDN de otimização de imagem, mostra uma foto original de 3,5 MB reduzida para 26,36 KB.

Em um artigo sobre otimização de imagens, o site do Google Developers recomendou várias soluções.

CDNs de otimização de imagem:

Imgix ,
Cloudinary ,
Akamai Image Manager ,
ImageEngine .
APIs de otimização de imagem:

Kraken.io ,
Imagify ,
ShortPixel ,
Fast Image Optimizer ,
TinyPNG .
Imagine scripts de otimização, pacotes e ferramentas de linha de comando:

Imagem no CLI ,
Imagem no pacote npm ,
Guetzli ,
MozJPEG ,
Pngquant ,
Zopfli ,
Gifsicle ,
SVGO .
Carregue o tamanho apropriado
Entregue a imagem de tamanho adequada para a tela de um usuário. Os pixels desperdiçados adicionam peso desnecessário.

Em seu excelente artigo sobre otimização de imagem, o desenvolvedor Ilya Grigorik aponta que as imagens rasterizadas não compactadas são compostas de pixels e que pesam 4 bytes cada na carga inicial.

Assim, uma imagem rasterizada não compactada de 100 x 100 pixels é 40.000 bytes (10.000 x 4). Para converter bytes em kilobytes, divida por 1.024. Então, 40.000 bytes funcionam com cerca de 39 KB.

Imagine que você tenha uma imagem que será exibida na tela em 360 x 200 pixels. Nesse tamanho, a imagem rasterizada não comprimida seria de 72.000 pixels. Cada um desses pixels requer 4 bytes, para um total de 288.000 bytes ou cerca de 281 KB não compactados.

Uma imagem superdimensionada em, digamos, 396 x 220 pixels seria muito mais pesada. Especificamente, a imagem de 396 x 220 ocuparia 87.120 pixels. São 15.120 pixels extras (87.120 – 72.000). Esses pixels desperdiçados ainda precisam de 4 bytes cada para um total de 60.480 bytes ou 59 KB.

Este exemplo é para imagens rasterizadas não compactadas. E há muitas maneiras de compactar o tamanho da imagem em bytes sem afetar sua resolução de pixels. Independentemente disso, sirva a imagem de tamanho adequado sempre que possível.

Alimentos conhecidos por suas propriedades afrodisíacas

Alguns alimentos ganharam popularidade devido as suas propriedades que implicam na libido sexual, sendo chamados de afrodisíacos. Alguns deles contêm antioxidantes, ácidos graxos insaturados, enzimas, vitaminas, que ajudam a favorecer certas funções sexuais.

Chocolate: contém teobromina e substâncias feniletilaminas que estimulam o desejo sexual. O chocolate amargo é recomendado pelos seus ingredientes ativos. 

A textura do chocolate aumenta as sensações agradáveis ​​na mucosa da boca, sendo um excelente recurso para começar a se conectar com as outras sensações eróticas que são ativadas no resto do corpo. 

O sexo precisa desse registro sensorial que leva o próprio corpo a sentir o corpo do outro. Portanto, o chocolate é um excelente recurso para aumentar o desejo e focar a atenção na experiência sexual de um parceiro ou se masturbar.

Nozes: nozes e amêndoas têm alto teor de vitamina E, zinco, ácidos graxos saudáveis ​​que ajudam a função da próstata e a produção de espermatozóides nos testículos.

Soja e alimentos que contêm vitamina E: isoflavonas são substâncias encontradas na soja que ajudam a melhorar os sintomas da menopausa, bem como a melhorar o desejo sexual que pode diminuir nesse estágio. 

A vitamina E está presente em cereais, gemas de ovos, aspargos, legumes, ervilhas, sementes de gergelim, abóbora. É um poderoso antioxidante que favorece diferentes funções corporais, entre elas melhora a elasticidade da pele e o fluxo sanguíneo no nível sistêmico, incluindo os genitais.

Algo importante, pois podemos substituir o uso de produtos como o gel macho macho por uma dieta saudável e conseguir benefícios sexuais maiores.

Ostras, salmão: contêm níveis elevados de ácidos graxos de proteção, tais como Omega 3 para baixar o colesterol ruim e aumentar a permeabilidade dos vasos sanguíneos, além de conter zinco que está envolvido na produção de testosterona por aumentar o desejo sexual em homens e mulheres.

Gengibre : possui diferentes propriedades como antioxidante e estimula a energia sexual.

Aspargos e bananas : contêm vitamina E e potássio que aumenta o fluxo sanguíneo genital e a formação de hormônios.

Alho : seu conteúdo ativo, alicina, reduz o colesterol, é antioxidante e ajuda a função cardiovascular, estendendo-se ao sexual por uma melhor irrigação dos genitais.

Guaraná: é um energético e estimulante sexual.

Chá verde: tem ações protetoras no endotélio (camada de células que revestem os vasos sanguíneos) e também vasodilatadores, o que pode ajudar na lubrificação e ereção.

Uva : contém polifenóis, entre eles o resveratrol, também presentes em amendoim e amoras, entre outros. A ação do resveratrol em diferentes funções tem sido corroborada por diferentes estudos. Eles são antioxidantes e vasodilatadores que favorecem as ereções.

Como Funciona Portabilidade de Plano de Saúde

portabilidade plano de saude
portabilidade plano saude
Portabilidade de plano de saúde

Muitos brasileiros em busca de melhores condições de saúde contrataram planos de saúde nas ultimas décadas. Muitos desses planos são caros e não cobrem algumas das nossas necessidades. Nesse artigo vamos te ensinar como fazer a portabilidade de plano de saúde, para que você consiga um plano com o melhor custo beneficio.

Essa crescente busca por planos de saúde baratos se deu pela falta de abrangência, eficiência e qualidade dos serviços públicos de saúde. Ademais, a presença de diversas empresas no ramo de saúde privada, e coberturas mais eficientes fizeram com que as pessoas se sentissem mais seguras caso precisem dos serviços.

O que é Portabilidade de Plano de Saúde?

A portabilidade de plano de saúde é quando você decide mudar de plano, seja para um com maiores coberturas ou mais barato. Ademais, essa troca ocorre sem tempo de carência, que quer dizer que logo que houver a troca você imediatamente estará coberto pelo novo plano.

Quando falamos de carência em planos de saúde, estamos nos referindo ao um período que o cliente fica sem acesso as coberturas do plano. Esse período ocorre a partir do momento de contratação e sua duração varia dependendo do contrato.

Esses prazos variam de 24 horas para urgências, e até seis meses para exames e consultas. Contudo, ao declarar doença ou lesão já existente o cliente adquire uma Cobertura Parcial Temporária.

Essa cobertura da direito a cirurgias e procedimentos muito complexos, para essas condições pré-existentes. Aliás, essa cobertura pode se estender por até dois anos. Ademais, a portabilidade pode ser adquirida pela mesma empresa prestadora de serviços ou por outra.

Há também apenas a alteração de planos, por exemplo, individual para familiar, ou para coletivo, ou empresarial. Contudo, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), faz alguma exigência quanto a portabilidade de plano de saúde.

Vantagens e diferenças da portabilidade do plano de saúde!

Dentre as principais vantagens de se fazer esse processo de portabilidade do plano de saúde está à falta do período de carências. O que deixa o cliente assegurado dos serviços, independentemente do tempo em que adquiriu o plano.

Há também quem confunda portabilidade com migração e adaptação que são coisas diferentes. A portabilidade ocorre, quando o cliente decide mudar de empresa ou de plano contratados.

Já a migração é quando o cliente assina outro contrato com a mesma empresa, para um novo plano, mas com coberturas iguais ao atual. Geralmente ocorre apenas uma troca de nome dos planos. Aliás, nessa modalidade não a tempo de carência.

Contudo, na adaptação o corre a troca de contratos, mas o novo contrato amplia as coberturas do cliente, seguindo as especificas da ANS. Nesse caso também não há necessidade de cumprir tempo de carência.

Como fazer a portabilidade de um plano de saúde?

Para iniciar o processo de portabilidade é imprescindível que você se encaixe nos requisitos a seguir:

  • Seu plano ter sido contratado a partir de 1999
  • O prazo de carência já deve ter sido cumprido
  • O tempo de contrato já deve ter mais de dois anos
  • Se o seu plano for classificado como CPT a permanecia no plano deve se estender a três anos.

Se você cumprir os itens acima, o próximo passo é consultar o guia da ANS, e encontrar um plano compatível com o seu. Ademais, entre em contato com a empresa prestadora do serviço e solicite uma proposta.

Reúna os documentos necessários e comprobatórios listados. Após assinada a proposta deverá ser encaminhada a empresa que terá 20 dias para emitir parecer aceitando ou negando o pedido de portabilidade.

Conclusão – Portabilidade de Plano de Saúde

Como vimos fazer portabilidade de plano de saúde não é tão complicado como parece e ainda traz o benefício de nos manter assegurados durante o processo. A saúde é indispensável para a nossa vida, portanto investir em planos de saúde tem apresentado um ótimo custo beneficio.

Aliás, converse com a empresa contratado e descubra planos novos que se adequem melhor a suas condições. Veja os requisitos necessários e peça a sua portabilidade.

Gostaria que mais pessoas se beneficiassem deste conteúdo? Compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

Como cuidar de suas orquídeas: dicas de manutenção e o que não fazer

cuidar de suas orquídeas

Existem mais de 25.000 tipos de orquídeas e, ao contrário da crença popular, são extremamente fáceis de cuidar.

Até certo ponto, a orquídea realmente aprecia a negligência, e ao trazer a cor instantânea para a sua casa, com o cuidado certo, eles podem dar uma exibição de flores de longa duração. Veja abaixo algumas dicas de manutenção, incluindo como fazer suas orquídeas durarem mais.

Como Cuidar de Orquídeas:

Sua orquídea está derramando suas flores, ou ficou amarela e mole? Encontre uma solução abaixo para essas doenças comuns.

Problema: Se a sua orquídea derramar flores ou pontas de flores, isso é uma indicação de que sua planta não tem água ou luz solar suficientes.

Solução: Dê-lhe um ambiente mais luminoso e deixe suas raízes uma vez por semana.

Problema: As folhas amarelas podem ser causadas expondo sua orquídea a muita luz solar.

Solução: Coloque a sua orquídea em ambientes claros, mas não na luz solar direta, por exemplo, uma mesa lateral perto da janela seria o local perfeito.

Problema: As folhas de coxo são indicativas de deficiência de água ou, ao contrário, excesso de água. Se as raízes da orquídea são cinza, isso significa que sua orquídea está sofrendo de privação de água.

Solução: É melhor mergulhar sua orquídea em um balde ou afundar por 10 a 15 minutos. Se as raízes das orquídeas são marrons, isso indica que sua orquídea recebeu muita água. Às vezes, a orquídea vai crescer novas raízes (após a sua floração).

3 maneiras de fazer suas orquídeas durarem mais

  1. Coloque a orquídea em um local claro, mas evite colocá-la sob a luz direta do sol.
  2. Regue uma vez por semana, você pode fazer isso mergulhando suas raízes em um balde ou pia, apenas certifique-se de deixá-lo escorrer adequadamente antes de colocá-lo de volta em sua panela. No inverno, é melhor regar a cada 10 dias.
  3. Prolongar sua floração, dando-lhe alimentos vegetais uma vez por mês.

O que não fazer…

  • As orquídeas não gostam de um ligeiro calado, luz solar direta e estão em condições de calor.
  • Abster-se de colocar a orquídea perto de uma tigela de frutas também como as taças de frutas produzem gases que têm um efeito de deterioração nas flores.

Empréstimos para Negativados: É possível fazer um empréstimo estando negativado?

Conseguir um empréstimo para negativado era muito difícil há alguns anos. Isso porque a condição destas pessoas não permitia que as instituições tivessem segurança para liberar o crédito para eles.

Mas hoje em dia essa situação mudou e já é possível conseguir um empréstimo para negativado.

Como milhões de brasileiros se encontram nessa situação, os bancos e empresas financeiras perceberam que seria interessante oferecer uma linha de crédito para esse público.

Você vai descobrir se é possível conseguir um empréstimo para negativado neste texto e todos os detalhes sobre o assunto.

Empréstimo para negativado é possível?

Atualmente já é possível conseguir um empréstimo para negativado. As principais empresas financeiras e bancos no mercado oferecem uma linha especial de crédito para este tipo de público.

Uma pessoa fica com o nome negativado quando deixa de pagar alguma dívida. A empresa detentora da dívida encaminha o nome do inadimplente para um órgão de proteção ao crédito.

Essas empresas negativam o nome para que a pessoa não se envolva com mais dívidas. Enquanto a situação não for resolvida, o nome permanece negativo.

Como fazer um empréstimo para negativado?

Para fazer um empréstimo para negativado é necessário localizar uma instituição que faça isso.

Bancos e empresas financeiras costumam oferecer esse tipo de empréstimo com juros mais altos, pois o risco do não pagamento é maior.

Ao encontrar uma instituição que faça isso, a pessoa passará por uma análise de crédito. Se aprovada, o dinheiro é liberado em pouco tempo.

O empréstimo para negativado é seguro?

O empréstimo para negativado é totalmente seguro se feito em empresas que tenham uma boa reputação no mercado e estão dispostas a realizar investimentos.

Essas empresas são conhecidas pelo bom atendimento e variedade nos serviços oferecidos.

Você sabia que é possível conseguir um empréstimo para negativado? Já passou por alguma situação parecida?

Multi Seguro Viagem é confiável? Veja como funciona

O planejamento de uma viagem ao exterior requer muita atenção, afinal são muitos detalhes que precisam ser checados antes do embarque. Além de conferir a validade do passaporte, visto (se necessário), hotéis e roteiros, o seguro viagem é outro item que não pode faltar.

A Multi Seguro viagem, uma plataforma online que oferece planos de seguros viagem nacionais e internacionais, é uma das empresas mais procuradas por quem vai viajar e deseja adquirir um bom seguro viagem para viajar em segurança e oferecer o melhor para seus familiares.

Sabendo disso, vamos mostrar para você se aMulti Seguro viagem é confiável? Veja como funciona!

Multi Seguro Viagem

Especializada no ramo de seguro viagem e há mais de 15 anos no mercado, a Multi Seguro viagem é uma empresa que vem crescendo cada dia mais e conquistando os brasileiros viajantes. Sua plataforma foi desenvolvida por uma corretora de seguros com habilitação total e sua equipe de desenvolvimento de sistema segue fielmente todas as normas e exigências, visando proporcionar a melhor experiência para seu usuário e cliente.

Como funciona a plataforma da Multi Seguro viagem?

Ao contratar um seguro viagem na plataforma da Multi Seguro viagem o usuário já percebe a agilidade e comprometimento da empresa. Com sua equipe especializada para atender todos os perfis e tirar todas as dúvidas de seus clientes, a Multi Seguro viagem vem conquistando a cada dia a confiança de quem procura este tipo de serviço.

A Multi Seguro viagem é confiável e cumpre todas normas de segurança digital, para que, ao contratar um seguro viagem você tenha total segurança. O site é seguro e você pode conferir as avaliações de quem já comprou um seguro viagem na empresa na própria plataforma. Assim fica mais fácil pesquisar e saber da experiência de quem já precisou dos serviços da empresa.

Outro ponto importante, é que o pagamento do seu seguro viagem é bem simplificado, podendo ser feito via cartão de crédito e dividido em até 6x ou no boleto bancário. Depois da confirmação de pagamento, você ainda recebe sua apólice no seu e-mail, tudo sem precisar sair de casa.

Tudo O Que Você Precisa Saber Sobre O Seguro Viagem Europa

Seguro Viagem Europa
Seguro Viagem Europa

Vai viajar para a Europa e está com tudo pronto, mas sente que falta alguma coisa? Pode ser o seguro viagem. Este é um item muito importante para qualquer viagem, independente do destino, mas, para a Europa ele é um item obrigatório.

Quem nunca sonhou em conhecer este continente tão especial? A Europa é um dos lugares que oferece mais experiências diferentes em um mesmo espaço. Graças a seu processo histórico, cada país tem uma característica única, tornando a viagem ainda mais inesquecível.

Por lá é possível encontrar gastronomia diferenciada, vinhos marcantes, castelos históricos e arquitetura inigualável. O melhor de tudo é que se você for como turista, não é necessário tirar visto, tornando a viagem menos burocrática.

Isso é possível graças ao Tratado de Schengen, que determina a não-obrigatoriedade de visto para turistas por um período de até 90 dias. Durante este período o viajante pode circular livremente pelos países membros do acordo.

Mas como tudo tem dois lados, para que este benefício seja concedido, há uma obrigatoriedade em contrapartida: a contratação de um seguro viagem. Nele é exigida uma cobertura mínima de 30 mil euros, que deve constar em todos os seguros para a Europa. Há uma explicação para este valor: ele visa garantir que o viajante tenha meios de custear possíveis despesas medicas e hospitalares decorrentes de doenças ou acidentes durante a viagem.

QUAIS OS BENEFÍCIOS DE SE CONTRATAR UM SEGURO VIAGEM?

Ainda que pareça uma burocracia desnecessária para alguns, contratar este tipo de seguro traz consigo uma série de benefícios, a começar pela economia. Pagar uma consulta médica de forma particular em países do exterior pode sair extremamente caro. Um osso fraturado pode custar mais de 60 mil reais, convertendo para a nossa moeda.

Isso ocorre pois lá, e em outros lugares como Estados Unidos, não há um sistema público de saúde e sabe-se que nem sempre as pessoas terão condições de arcar com custos tão altos. Por isso o seguro pode ser de grande valia caso haja a necessidade de utilizá-lo.

Além dessa, há várias outras coberturas que podem ser utilizadas com maior frequência do que o imaginado. Uma das reclamações mais comuns em aeroportos de todo o mundo é referente ao extravio de bagagens. O que é compreensível, já que são milhares de pessoas circulando diariamente neste local, seguindo para os mais diferentes destinos.

No entanto quem possui um seguro viagem pode ficar tranquilo, pois basta acionar a seguradora e informar o extravio, para que ela solicite a localização e devolução das bagagens. Para não prejudicar a viagem, os passageiros podem ser indenizados no valor contratado.

Há, ainda, cobertura para casos de cancelamento de voo, honorários advocatícios, despesas médico/hospitalares, despesas farmacêuticas, regresso sanitário, e outras.

Com tantos benefícios, fica fácil imaginar que se trata de um serviço caro e inacessível, o que é um grande erro. O seguro viagem possui um valor ínfimo quando comparado aos valores totais da viagem e ao quanto se gastaria para custear estes incidentes de forma particular, valendo a pena o custo-benefício.