Empréstimos para Autônomos: Entenda como funciona o empréstimo para autônomo

Os empréstimos para autônomos costumam ser mais burocráticos e possuir juros mais caros do que os tradicionais.

Pergunte a quem quiser e a resposta será a mesma. O brasileiro tem o dom de ser empreendedor. Além disso, conseguimos desenvolver ideias de novos negócios, mesmo em meio as dificuldades. Por esse motivo o número de autônomos no Brasil é cada vez maior. Profissionais querem buscar seu lugar ao sol, como donos do próprio negócio.

No entanto muitos desses profissionais ainda trabalham na informalidade, ou seja, não possuem registro de trabalho como autônomo, o que dificulta alguns processos, dentre eles a concessão de empréstimos para autônomos.

Isso porque, não estando registrado o autônomo não tem comprovação de renda, e em contrapartida não tem como garantir o pagamento das parcelas do empréstimo. Mas a boa notícia é que existem sim empresas que trabalham com a concessão de crédito para autônomos. Durante a leitura desse artigo, vou lhe mostrar como funcionam os empréstimos para autônomo. Confira.

Modalidades de empréstimo para autônomo?

Existem algumas modalidades que podemos enquadrar como empréstimos para autônomos, sendo que, elas dependem da situação do profissional, se possui ou não registro, vejamos:

1.      Empréstimo para autônomo com registro MEI

Se você é autônomo e possuem registro de MEI – Micro empreendedor individual, você pode solicitar empréstimos empresarial com valores de juros bem abaixo dos juros dos empréstimos pessoais. No entanto esse tipo de empréstimo depende do tipo de negócio, e somente pode ser aplicado para fins empresariais.

2.      Empréstimo para autônomo que paga INSS

Se você não tem empresa registrada, mas paga o seu INSS como autônomo, então você pode comprovar renda através da sua declaração de imposto de renda e extratos de sua conta bancária. Porém, não são todas as financeiras que aceitam esses comprovantes, mas existem várias opções no mercado com essa possibilidade.

3.      Empréstimo para autônomo informal

Essa é a categoria que possuem mais restrições para conseguir formalizar um empréstimo para autônomo. Isso porque não tem comprovação de renda e portanto não consegue comprovar que pode pagar as prestações do empréstimo.

No entanto algumas financeiras oferecem linhas de créditos para autônomos sem formalização, mas os juros costumam ser bem mais elevados do que os outros tipos de empréstimos.

Há ainda financeiras que realizam empréstimos para autônomos com garantias. Neste caso você vincula algum bem que possua valor igual ou superior ao valor do empréstimo como garantia dos pagamentos.

A questão mais importante é você estar ciente, de que em caso de inadimplência, existe o risco de perder o seu bem, então tenha certeza de que pode pagar as parcelas do empréstimo antes de assinar o contrato.

Essas são as principais formas de conseguir empréstimos para autônomos. Pesquisando bem, você ainda consegue algumas linhas de crédito para negativados, se esse for o seu caso.

No entanto, antes de solicitar um empréstimo tenha certeza de que o seu negócio irá lhe trazer retornos futuros, caso contrário você estará somente contraindo mais uma dívida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *