Bolsa família terá aumento em 2019?

Com o reajuste do salário minimo previsto para o inicio de 2019, o programa do Governo que auxilia as famílias brasileiras que vivem na pobreza, o Bolsa Família sofrerá um reajuste no pagamento do beneficio. Esse reajuste deve ser de 19,4% na média. O programa vai beneficiar famílias com renda de até R$ 140 por mês para cada integrante.

O Programa Bolsa Família atende mais de 11 milhões de famílias em todos os municípios brasileiros. Com o aumento do salário minimo todas as famílias beneficiadas pelo Bolsa Família terão o crédito reajustado.

Os valores pagos pelo Programa Bolsa Família variam de R$22,00 a R$200,00 de acordo com a renda mensal por pessoa da família e com o número de crianças e adolescentes de até 15 anos e de jovens de 16 e 17 anos.

O Bolsa Família, de fato, contribuiu para a diminuição da desigualdade de renda no país, tirou milhões de brasileiros da miséria. E com esse aumento no bolsa família 2019 será de grande relevância  pois isso mostra que o governo está engajado para tirar todas essas famílias da pobreza em que vivem. Em um pais tão rico não podemos admitir toda essa desigualdade que atinge o Brasil todo.

Para participar do Bolsa Família e receber o benefício mensalmente, o cidadão deve procurar a prefeitura do seu município, pois esta é a responsável pelo recolhimento dos dados dos inscritos e confirmação dos mesmos. Na maioria dos casos, os setores responsáveis pela inscrição do Bolsa Família são os setores de Assistência Social.

Atualização do cadastro Bolsa família 2019:

A triste realidade de conviver com a tamanha desigualdade que existe em nossa sociedade faz com que convivemos com famílias que passam pelas piores condições de sobrevivência, um afronta a constituição, que abrange milhares de pessoas na pobreza e extrema pobreza por todo o Brasil.

De forma a tirar ou pelo menos dar uma dignidade a essas pessoas, o governo garante a essas famílias necessitadas o beneficio do Bolsa Família. O bolsa família tem como objetivo auxiliar as famílias que estejam passando por necessidades e que não tenham condições de renda própria.

Os valores do beneficio variam entre R$22,00 a R$200,00, de acordo com a situação de cada família. Esse valor é depositado na conta mensalmente para todos os beneficiários do programa. Para garantir o benefício, as famílias precisam manter os filhos na escola, a agenda de saúde em dia e atualizar, pelo menos a cada dois anos, os dados de renda, número de integrantes, endereço e escola dos filhos.

Para mais informações consulte no site do Ministério do Desenvolvimento Social: www.mds.gov.br/bolsafamilia.

Atualização de cadastro bolsa família 2019:

Para que possa estar em dia com o beneficio do programa bolsa família, o Ministério do Desenvolvimento Social orienta as famílias beneficiárias a manter os dados sempre atualizados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O cadastro atualizado ajuda a calcular corretamente o valor do benefício que cada família tem a receber, além de evitar bloqueio, suspensão ou até cancelamento do benefício

O cadastro deve ser atualizado sempre que houver alguma alteração na composição familiar, o que inclui mudança de renda ou endereço, morte ou nascimento, dentre outras. Se não houver nenhuma alteração, a atualização cadastral deve ser feita no prazo máximo de dois anos.

Para realizar a atualização de cadastro bolsa família 2019 basta entrar em contato com a Secretaria de Desenvolvimento Social do seu município. Para fazer a atualização de cadastro Bolsa Família é preciso levar documentos como declaração escolar dos filhos e documentos pessoais de todos os membros da família.

Como aumentar o volume de vendas em pequenos negócios

Negocie com seus clientes

Captação de novos clientes e fidelização faz parte de um processo eficaz de vendas. No entanto, como aproximar os possíveis clientes e fideliza-los? A esta pergunta, existem diversas técnicas e possíveis respostas.

Separei algumas dicas simples para você aumentar o faturamento do seu pequeno negócio.

Mostre os benefícios do seu produto

As pessoas não compram produtos, elas compram os resultados, ou seja a solução dos seus problemas.

Por isso, é igualmente importante, mostrar para seu cliente, e fazer uma lista de todos os benefícios que o cliente irá desfrutar usando o seu produto ou serviço.

Definir quem é seu cliente ideal

Quem é a pessoa que seria mais propensos a comprar o seu produto e comprá-lo imediatamente? Criar um avatar do cliente. É uma velha técnica de marketing, descrever quem é a pessoa, atribuindo nome, idade, gênero e em quais condições ela deve ter o melhor benefício do produto.

  • Quantos anos?
  • Sexo masculino ou feminino?
  • Possui filhos?
  • Qual o orçamento disponível da persona
  • Qual nível educacional?

Negocie e facilite a transação

Negocie com seus clientes

Ter um bom negociador no negócio (ou se tornar um) é um importante fator para o sucesso de um negócio.

Sempre é importante olhar a situação que os dois lados ganham. Desta forma, você terá clientes satisfeitos e um retorno financeiro compatível.

Também é importante olhar na facilidade que seu cliente precisa ter para comprar de você. Por isso, é importante aceitar as principais bandeiras de cartão de crédito e débito. Para isso, existem máquinas de cartão de crédito como a Minizinha Chip que podem auxiliar o seu negócio. As taxas são incrivelmente acessíveis e praticamente qualquer negócio deveria ter.

Escolha o preço certo (baseado no mercado e nos seus custos)

Fazer pesquisa de mercado sobre seus concorrentes irão te ajudar a entender a faixa de preço que você poderá utilizar.

Se você tiver uma alta de preço do produto, esteja preparado para entregar mais qualidade para seus clientes. O preço pode ser determinado pelo valor percebido de seu produto.

Se você pode fazer o produto parecer superior aos seus concorrentes, você pode cobrar um preço mais elevado. Não se esqueça de incluir taxas e custos dentro do preço final.

Identificar e entender o Problema

Identifique os problemas do seu cliente ideal

Que tipo de problema o seu cliente tem que você pode resolver?

Caso você tenha identificado o seu cliente corretamente, essas pessoas vão pagar para resolver seu problema.

  1. Às vezes, os problemas são claros.
  2. Às vezes, os problemas não são óbvios. Talvez seu cliente nem saiba muito a respeito.
  3. As vezes, problemas não existem para o cliente. Se o problema não existe, o cliente não vai comprar o seu produto.

Desenvolver A Sua Vantagem Competitiva

Você define a sua vantagem competitiva, a razão para comprar seus produtos ou serviços, em termos de benefícios e resultados que o seu cliente irá desfrutar de adquirir o produto ou serviço.

E claro: motivos o suficientes para que não comprem o produto ou serviço do seu concorrente. Por isso, foque nos benefícios do que faz o seu produto ser melhor do que os outros.

 

O que faz um Web Designer

Muito tem se falado sobre a profissão de Web Designer, e se realmente vale a pena investir em treinamentos para construir uma carreira nesta área.

Se você é uma pessoa criativa, gosta de Internet e gosta da beleza e estética de sites na Internet, e se a área técnica te traz curiosidade, talvez este seja um forte indicativo que Web Designer seja a profissão ideal para você.

Se você quer ser responsável pela aparência e a funcionalidade de websites, talvez seja hora de decidir se tornar um web designer.

Como iremos falar mais a frente dentro deste artigo, a área de web design possui diversos benefícios, um deles é a possibilidade de trabalhar remotamente de sua casa ou do seu escritório próprio.

O que é Web Design?

O que fazem os Web Designers e como trabalham
O que fazem os Web Designers

Web Design é uma área responsável pela criação de sites, precisamente responsáveis pela estética e usabilidade em sites, extensão da área de design gráfico. São profissionais extremamente dedicados a experiência de usuário.

O escopo do projeto será dependente de problemas de comunicação de um cliente quer resolver ou o status atual de um site da empresa. Algumas outras responsabilidades incluem:

  • O uso adequado de tecnologias para a funcionalidade do site;
  • A concepção de elementos de navegação;
  • Traduzir as necessidades dos clientes e usuários;
  • Transformando a marca em gráficos, cores, layout e fontes;
  • Utilizam HTML e CSS para codificar layout de site
  • Apresentação de conteúdo
  • Atualizar o site, conforme necessário

Como se tornar um web designer

Alguns web designers são auto ditadas: compram livros, treinamentos, observam o código-fonte de sites e aprendem técnicas por conta própria.

Existem atualmente treinamentos específicos que auxiliam não apenas profissionais da Web, mas também qualquer profissional de design gráfico, por exemplo a Escola Design. Muitos constroem seu portfólio próprio, tendo em projetos próprios ou para as pessoas que eles conhecem.

Normalmente, os web designers cursam áreas ligadas a tecnologia da informação.

Web design e arquitetura da informação

Outro ponto, que é o objetivo de todo web design é tornar a experiência de usuário mais simples e intuitiva possível, disciplina conhecida como usabilidade.

  • Relacionar o conteúdo a ser exibido para o usuário;
  • Organizar o conteúdo em áreas;
  • Definir a importância para cada área de acordo com o público-alvo;
  • Montar a arquitetura correta de acordo com a prioridade dos conteúdos

Conclusão

A profissão de Web Design está em alta no mercado de tecnologia. Com uma demanda cada vez maior, profissionais de web estão cada vez mais requisitados no mercado.

Como você encontrou no artigo, um bom webdesigner precisa ter noções de front-end, como HTML, CSS e JavaScript.

Obtenha empréstimos rápidos, mesmo com restrição no nome

Os empréstimos rápidos se tornaram nos últimos anos é uma boa ferramenta financeira para muitas pessoas ou empresas que têm dificuldade de acesso ao crédito.

Muitas instituições financeiras ainda não não conceder empréstimos a indivíduos e empresas, e este crédito suficiente resultados não circulando na economia, o dinheiro não se move e não girar a roda do consumo, tão necessário para a estabilidade económica de um país.

Uma maneira de resolver esse problema é o que os microcréditos ou empréstimos rápidos , que são empréstimos de pequenas quantias de dinheiro , geralmente chegam a 3.000 reais, embora existam outras opções, nas quais a empresa que concede essa quantia de dinheiro o faz quase instantânea, em um processo rápido, sem vínculos e sem a necessidade de endosso ou outros requisitos que são exigidos na concessão de empréstimos pelas entidades bancárias.

Empréstimos rápidos, uma solução para a falta de liquidez

Embora sejam usados ​​por vários motivos, o principal deles é obter liquidez em um determinado período. A maioria dos empréstimos rápidos aprovado, e nós repetimos, é um processo quase instantâneo que não requer mais de 15 minutos de gestão, que são aprovados para lidar com despesas imprevistas ou resolver certos problemas de liquidez.

Não são empréstimos rápidos que são concedidas para resolver problemas em casa ( pequenas obras ou reformas, pagar uma avaria do carro, dirigindo um pagamento ), mas também há exemplos de pessoas que usam esta ferramenta para, por exemplo, pagar um pouco deleite e ir de férias ou fazer um presente.

Na maioria dos casos, há muito mais opções para conceder um empréstimo rápido em situações urgentes , como as que discutimos, antes dos caprichos pessoais.

Empréstimos rápidos com para negativados

Mas se há uma razão mais interessante para estudar a adequação dos empréstimos rápidos é que muitas das empresas que oferecem esse tipo de ferramenta financeira também o fazem para as pessoas que estão com CPF na lista dos serviços de proteção ao crédito

A lista proteção ao crédito é um banco que inclui a maioria dos devedores cadastrados no país , qualquer que seja sua dívida e setor financeiro. Aparecer na lista do SPC pode ser um duro golpe para qualquer empresa , pois às vezes existem registros na lista de empresas ou indivíduos que não têm nenhum relacionamento ou responsabilidades com a dívida. Veja como fazer a consulta ao SPC neste site.

Muitos bancos optão automaticamente por não negociar com clientes presentes na lista dos orgãos de proteção ao crédito, então os empréstimos para negativos se tornaram uma solução válida para essas pessoas ou empresas , a maneira mais rápida para obter dinheiro em tempos de emergência.